07/08/2018 - 21:02
As dicas são de Rafael Biedermann Mariante, que falou no Meeting da La Salle Business School

O ano é 2018, mas as projeções vão longe. Até para quem considera se encaixar num perfil de “pessoa comum”, as chances de não pensar no futuro são basicamente nulas.

O que você vai ser quando crescer? O que vai comer no jantar? Qual será o conteúdo da prova na faculdade? E no final de semana, qual será a programação? Você pode nem perceber, mas isso tudo é planejamento. Gerir a própria rotina já tem lá os seus desafios. Já pensou sobre aliar isso à gestão da sua carreira, de equipes e até de empresas?

Rafael Biedermann Mariante sabe bem dessa complexidade. Ele é Presidente da ADBV e Sócio da PWC e soma experiências em auditoria e consultoria. É bacharel em Ciências Contábeis pela UNIP e possui MBA em Finanças pela IBMEC SP (INSPER). Contador e associado do Instituto Brasileiro dos Executivos de Finanças (IBEF) e participou no Instituto de Estudos Empresariais (IEE).

Nessa terça-feira (07) ele esteve na Universidade La Salle para falar aos aspirantes do futuro (e futuro muito próximo) que participaram do Meeting promovido pela La Salle Business School. A palestra “Desafios do Gestor Contemporâneo” foi provocativa e repleta de dicas para quem quer seguir na área.

4 passos para ser um gestor diferenciado

Afinal, quais são e como desenvolver as competências que tornarão um profissional diferenciado para atuar num mercado em constante transformação?

De acordo com Rafael, hoje é fundamental estar ligado no que está acontecendo no mundo. Confira alguns pontos principais, baseados na sua experiência atual de trabalho:

1 – Revolução tecnológica

Não é mito, já começou e está em plena ebulição. A revolução tecnológica não dá conta só da atualização de ferramentas, mas de inovações que transformam as formas de se relacionar e fazer negócios.

Fique de olho nas novidades sobre inteligência artificial, as criptomoedas (biticons), redes sociais, entre outros aspectos tecnológicos que fazem brilhar os olhos de quem busca por novidades.

2 – Mudanças climáticas e escassez de recursos

O que isso tem a ver com negócios? Mesmo que não seja voltado diretamente para essas questões, não os tornam imunes aos debates sobre e tampouco aos impactos que essas mudanças causam onde atuam.

Esses dois pontos estão intrinsicamente ligados ao poder de consumo dos clientes, por um lado, e sustentabilidade/rentabilidade dos negócios, por outro. Ainda, vale lembrar do papel dos gestores em pensar e aplicar medidas comprometidas com o desenvolvimento responsável das organizações.

3 – Desenvolvimento urbano e mudanças demográficas

Êxodo rural é assunto atual, sim. E o crescimento urbano, definido pelo palestrante como “desenfreado”, tem muito a ver com os centros ou campos de consumo.

“Para onde as pessoas estão indo? O que estão buscando? Do que precisam no lugar para onde estão indo?” são perguntas válidas para entender as personas e suas necessidades nesse contexto.

4 – Deslocamento do poder econômico

Para finalizar, outro desafio do gestor é olhar o macro. Pensar no entorno é essencial, mas lançar a visão para o global faz a diferença – e pode ser crucial.

As mudanças da concentração ou expansão de poder econômico estão acontecendo e, além de serem ricos exemplos a se considerar, dizem muito sobre como o gestor contemporâneo deve se posicionar e planejar.

La Salle Business School

E se você pudesse aplicar todas essas dicas enquanto aprende? A La Salle Business School oferece cursos de MBA e Especialização contando com uma estrutura de universidade, aliada à prática de startup.

As inscrições ainda estão abertas, mas o prazo está encerrando! Clique aqui, confira os cursos disponíveis e venha viver essa experiência!



Buscar
Seção
Área
Período
A partir de
até
Voltar