12/01/2018 - 11:35
Universidade La Salle vai desenvolver plataforma de participação cidadã em parceria com Universidade de Buenos Aires: Parceria foi firmada em reunião do Comité Ejecutivo del Programa Cátedras SCHOLAS, no Vaticano

Em breve a comunidade de Canoas contará com uma nova plataforma de participação cidadã, onde os moradores podem relatar problemas da cidade e busca, em conjunto com o poder público e ONG, soluções cooperativas para esses problemas. O projeto já existe na Argentina e é chamado de www.mejoramosjuntos.org. A ideia de implantar o projeto piloto surgiu na reunião do Comité Ejecutivo del Programa Cátedras SCHOLAS, realizada no Vaticano (Itália) nos dias 18 e 19/12/2017. O reitor da Universidade La Salle, Prof. Dr. Paulo Fossatti, fsc, é o único brasileiro do grupo, formado por cerca de 10 representantes de instituições de todo o mundo. Ele explica que o grupo de Trabalho “Universidades e Movimentos Sociais” aprovou o compartilhamento da plataforma argentina com a instituição de Canoas e com a Universidade Católica do Gongo. “Sua implementação nestes 3 países se dará a partir de fevereiro de 2018 e os resultados preliminares já serão apresentados no Congresso de junho, que acontecerá no Marrocos. Em fevereiro de 2018 um pesquisador da Universidade de Buenos Aires estará na Unilasalle Canoas para a implantação da Plataforma”, detalha.

Como funciona a plataforma?

Na primeira etapa o cidadão escolhe um tema ou problema e depois sinaliza sua área de localização. Na versão Argentina já foram reportadas vendas de drogas, falta de água, presença de moradores de rua, etc. A proposta é encontrar soluções conjuntas para o que for possível de ser solucionado. Outro objetivo é munir o poder público de informações sobre a comunidade, para que a partir disso, tome providências e realize soluções.

Cátedras SCHOLAS

O Programa Cátedras Scholas foi idealizado pelo Papa Francisco com o objetivo de valorizar a Universidade e instituições de educação que mantêm programas de compromisso social com suas comunidades. Durante a reunião do Comitê Executivo, em dezembro, foi feita uma avaliação do último Congresso, que ocorreu em Jerusalém. “Foi avaliado como marco importante na integração dos povos, religiões, universidades e jovens ao redor da construção de alternativas para as grandes questões sociais planetárias”, explica Fossatti. O Comitê aprovou que o próximo Congresso Scholas ocorrerá de 25 a 27 de junho de 2018, na Universidad de Qarawiyyin, Fez, no Marrocos.

Durante a reunião o Fossatti também apresentou projetos realizados pela La Salle e que tem relação com as temáticas debatidas: ONU Mulheres – He For She e Refugiados Haitianos.

No III Congresso Internacional de Cátedras Scholas, realizado em 2017, a Universidade La Salle levou como exemplo de atividade de integração com a comunidade o trabalho do Tecnoscial junto às cooperativas de recicladores de Canoas e região, que acontece há mais de 10 anos. Confira um pouco do projeto AQUI. O objetivo final é reconhecer essas ações e promover parcerias entre atividades semelhantes.

 



Buscar
Seção
Área
Período
A partir de
até
Voltar