22/05/2018 - 19:05
3ª Semana de Tecnologia e Inovação

O símbolo da lâmpada acesa é utilizado comumente para representar uma ideia. E muitas delas circularam pelo Unilasalle-RJ durante mais uma Semana de Tecnologia e Inovação do Unilasalle-RJ, em abril. Não à toa, Vitória Pinheiro Rodrigues, atualmente no 5º período de Engenharia de Produção, considera o evento “luz para novos futuros”. Voltado aos alunos das Engenharias, Sistemas de Informação, Arquitetura e Ciências Contábeis, a Semana proporciona uma rede de networking a eles, novos conhecimentos de mercado e estabelecimento de parcerias junto ao centro universitário.

A terceira edição do evento ocorreu entre os dias 24 e 27, sendo organizada por várias mãos. Nos bastidores, graduandos como Vitória e Rebeca fizeram a diferença pela segunda vez sob a liderança da professora Suenne Riguette. A responsabilidade das alunas ia de organizar palestrantes e horários em planilhas a coordenar a equipe envolvida na produção durante os quatro dias.

“Eventos como esse tem o principal objetivo de mostrar para o aluno quão importante e enriquecedora é a convivência com profissionais de diversos ambientes de trabalho”, avalia Vitória, de 21 anos, ao que Rebeca D’Amato, de 22 anos, também do 5º período, mas de Engenharia Civil, completa: “Conviver e conhecer melhor profissionais, professores e alunos de outros cursos e aprender a trabalhar com estes, assim como se sentir completamente inserido em um ambiente profissional é enriquecedor para nós”.

Já na opinião de Suenne, o fato de ser um evento externo à sala de aula, traz perspectivas aos alunos para além do ensino tradicional. Fosse na mesa redonda de empreendedorismo, na dinâmica sobre uso das redes sociais ou na palestra referente à percepção dos espaços urbanos, os pontos de vista elencados passeavam tanto pelo “acadêmico em uma determinada especialidade” quanto pelo “prático, o chão de fábrica”, com uma programação que contemplou os seis cursos.

 

 

 

 

Unilasalle Game Cup

Os aplausos irrompiam ao final das explanações, mas outras vibrações também marcaram a Semana de TI. Do 2º andar era possível ouvir a torcida. Gritos, expectativa, palavras de ordem, ansiedade. Tratava-se do Unilasalle Game Cup, com duas competições em jogo: Street Fighter V pela manhã e FIFA 17, no turno da noite. Coube ao discente Vinícius Hashirama, atualmente no 7º período de Sistemas de Informação, colocar a mão na massa para dar vida à ideia, se preocupando desde a decoração até o regulamento para participar da disputa.

“O ponto de partida foi fazer a integração com os diversos cursos da faculdade, criando algo maior do que tivemos na segunda edição da Semana, com League of Legends. Avalio que conseguimos cumprir o objetivo”, atesta Hashirama, “Mas também tivemos adaptações. Tínhamos vontade de produzir algo ainda mais ampliado, no formato de eSports, mas percebemos que não teríamos estrutura e seria mais interessante criar esta cultura de games no Unilasalle-RJ para depois avançar com outros passos”.

A busca pelo profissionalismo mobilizou a criação de nome e logomarca para o torneio, constituição de equipe voltada ao gerenciamento das inscrições, de outra para o julgamento, solicitação de suporte do setor de TI do centro universitário, procura de parcerias para premiações. Enquanto Diego Loza, também aluno de SI, saiu vitorioso da competição de Street Fighter, com um vale para a pizzaria Fanccioni, Aron Henriquez, de Engenharia de Produção, foi contemplado com uma caneca temática por conquistar o FIFA 17.    

A competição mais acirrada, no entanto, teve uma mulher como protagonista. No Street Fighter, Maria Eduarda Gameiro avançou nas oitavas de final no último segundo do 3º round, em uma melhor entre cinco partidas. Apesar de não chegar à última disputa, representou o engajamento feminino no território dos games. Ao término das partidas, as luzes da sala, até então vindas apenas do projetor, voltaram a se acender. O cenário foi desmontado, os prêmios entregues, as fotos tiradas. O Unilasalle Game Cup se encerrava, assim como a 3ª Semana de Tecnologia e Informação, enquanto Suenne, as coordenações de curso e os alunos já pensam na próxima.

 

 

Por Luiza Gould

Ascom Unilasalle-RJ



Confira a galeria de fotos e vídeos
Voltar