05/03/2018 - 16:23
Unilasalle Program encerra com seminário aberto à comunidade

Para muitos alunos a aulas iniciaram no dia 1/03, mas para um grupo de estudantes de Relações Internacionais e Direito da Universidade La Salle o ano letivo começou dia 15/02, com Unilasalle Program (UP), programa nos moldes de uma Escola de Verão, que teve a última aula semana passada. No sábado, 03/03, para encerrar a programação do UP, mais de 30 pessoas, entre estudantes e comunidade externa, participaram do seminário “Law & Politics Lectures: Thinking Beyond Borders”, com os professores Johannes Servan, da Universidade de Bergen, e José Ángel Brandariz Garcia, da Universidade de A Coruña, que integraram a Escola de Verão. Também participou a professora Cristina Fernandez-Bessa, da Universidade Autônoma de Barcelona. Foram debatidos temas como imigração e cosmopolitismo, criminologia e práticas penais. “Buscamos temas que não são diretamente ou amplamente abordados nas disciplinas, como uma possibilidade de aprofundamento ou complementação à formação”, explica o coordenador da Área de Direito e Política da Universidade La Salle, Prof. Dr. Daniel Achutti.

Summer School Unilasalle Program

Nessa etapa do UP os professores estrangeiros ministraram duas disciplinas para alunos dos cursos de Direito e Relações Internacionais. “É uma forma de democratizar a experiência da internacionalização, principalmente para quem não tem disponibilidade ou condições financeiras para realizar mobilidade acadêmica. Também é uma maneira de oferecer novas perspectivas aos alunos, ampliando seus conhecimentos sobre os assuntos e sobre o mundo”, afirma a coordenadora do cursos de Relações Internacionais, Prof.ª Dr.ª Tatiana Vargas Maia.

Os professores estrangeiros, que ficaram hospedados na Guest House, localizada no campus Canoas, elogiaram a experiência. “Para mim a parte mais importante foi o fato de a Unilasalle ter uma missão comunitária. Esse contato humano pode ser percebido na forma como professores e alunos se relacionam. A transmissão de conhecimento não deixa o aluno distante, em uma posição passiva”, relatou Garcia. Já o norueguês Servan elogiou a dinâmica dos debates na escola de verão: “ Uma coisa que penso que é boa com cursos de verão, comparando com cursos regulares, é que você não tem o mesmo currículo rígido, você pode discutir os tópicos de forma mais livre e tem a oportunidade de gastar tempo em um tema específico. Isso ajuda desenvolver o processo de ensino de forma mais natural”, finaliza.

A Escola de Inverno vem aí!

Em função do sucesso da Escola de Verão já está prevista a realização da Escola de Inverno durante as férias do meio do semestre. O curso será novamente direcionado aos alunos da Área de Direito e Política. Também já foi confirmada a realização da Escola de Verão em 2019. “Vamos oferecer na Escola de Inverno somente uma disciplina, em função de termos apenas uma semana de férias. Para a Escola de Verão 2019 estamos pensando em três disciplinas. Uma será da Área de Direito e Política e as outras duas devem ser direcionadas a alunos das engenharias e saúde”, adianta o Assessor de Assuntos Internacionais e Interinstitucionais, Prof. Dr. José Alberto Antunes de Miranda.

 



Buscar
Seção
Área
Período
A partir de
até
Voltar